24ª Fenova fecha com sucesso total

Chega ao fim mais uma edição da Feira de Calçados de Nova Serrana (Fenova). 100 marcas tiveram a oportunidade de mostrar ao mercado seus últimos lançamentos para a coleção primavera-verão 2019/2020. 15 Importadores, trazidos pelo Sindinova e FIEMG, e o grande volume de lojistas nacionais presentes foram os diferenciais desta edição da Feira.

Para os expositores, o sucesso na Fenova se deve tanto pelo volume de vendas quanto pelos contatos realizados com novos clientes. Com o estande lotado nos três dias de evento, a empresária Lucimar Aparecida, proprietária da Luma Luz, não tem do que reclamar.

“Para nossa marca foi excelente, fechamos bastantes pedidos. Como minha coleção é feminino aberto, voltada para o verão, esta feira de agosto é muito boa. Também recebemos a visita de quatro importadores que gostaram bastante de nossos produtos e pediram catálogos para futuras negociações”, afirmou Lucimar.

Principiantes

Quem também aproveitou a ocasião para marcar presença, pela primeira vez, e divulgar sua linha de produtos foi a Linc Calçados. Uma das donas da fábrica, Cristina Monteiro, ressaltou que a exposição garantiu boas vendas e promoção da marca para os clientes.

“Decidimos expor na Fenova porque estamos trabalhando muito em cima da marca e expor aqui é um dos primeiros passos para expandir nossos negócios. Nossas expectativas estavam boas e graças a Deus deu tudo certo. Nossas metas foram batidas logo no segundo dia”, garantiu Monteiro.

Outra fabricante novata a expor na feira foi a Via Onze. Com calçados de injeção direta e sola alta, a representante comercial da empresa, Bruna Cristina, disse que os produtos apresentados agradaram a clientela que buscou por qualidade e preço.

“Por ser a primeira vez, estamos muito satisfeitos com o resultado. Nosso produto atende o cliente que busca preço e qualidade e conseguimos atingir a expectativa que tínhamos. Todos os três dias foram de vendas. Têm clientes que vêm, olham, pegam contatos para, posteriormente, fazerem pedidos, mas estamos muito satisfeitos com as vendas fechadas”, declarou.

Balanço

Para o presidente do Sindinova, Ronaldo Lacerda, a feira cumpriu seu compromisso de intermediar as negociações entre fornecedores e clientes e, consequentemente, de efetivar as vendas.

“Estamos com a sensação de missão cumprida. Antes da feira ficamos na expectativa. Tivemos a presença de muitos lojistas, movimento todos os dias, foram muitos pedidos, todos ficaram felizes com as vendas. Isto que a gente precisa, colocar o lojista em contato direto com as fábricas, porque aí acontecem os negócios e todos ficam satisfeitos”, concluiu Lacerda.

 

Selma Assis
Assessora de Comunicação