22ª Fenova: expositores avaliam positivamente a Feira

A Feira de Calçados de Nova Serrana (Fenova) fecha a sua 22ª edição com boas prospecções comerciais. Além das negociações nos próprios estandes, a feira trouxe a esperança de melhoria para o setor calçadista, após o impacto gerado pela crise no mercado.

A organização da feira e a qualidade dos produtos também foram aspectos bastante elogiados tanto pelos expositores quanto pelos lojistas. O gerente comercial da Nádya Ribeiro, Ronaldo Ricardo Rodrigues, afirmou que o custo/benefício do seu calçado garantiu boas vendas. “A Fenova superou nossas expectativas. Em relação a preço e qualidade, nossos produtos estão com uma boa saída, fizemos boas vendas”, afirmou Rodrigues.

Mercado otimista

Segundo a vendedora da Kindi, Luciana Dias, os três dias foram de grande movimentação financeira. “Na terça-feira, abrimos com chave de ouro. Ontem também foi excelente, os pedidos foram até maiores. Esta feira reestabeleceu a esperança. Acho que todos tiveram esta credibilidade que melhorou e vai melhorar ainda mais para o fim do ano. Foi ótimo”, garantiu.

“Estávamos na expectativa, porque o país estava nesta crise e não esperava que fosse tão boa como foi. Nosso estande ficou cheio todos os dias. Eu acredito que a partir de agora a gente começa a melhorar mais ainda. Os lojistas estão precisando repor seus estoques e esta feira veio no momento ótimo para começar a reavivar os pedidos”, ressaltou a gerente comercial da Jet-Crazy, Vaneida Souza.

Vendas

O segmento feminino e infantil obtiveram excelentes resultados em vendas e sondagens de novos negócios. A linha masculina teve saídas satisfatórias. O gerente comercial da Yuupiii, Vinícius Archanjo, fez um balanço de seu comércio. “A feira está muito boa para nós da linha infantil. Temos uma parcial, mas não é exata ainda, mas a gente deve ter vendido, até o momento, dez mil pares”.

De acordo com Fabrício Richelle, gerente comercial da TryCom, houve um crescimento nas vendas com esta edição da Fenova. “A expectativa de crescimento está em torno de 20% a 30% em relação à feira passada. Não tenho o que reclamar, pra gente foi um sucesso”, garantiu.

Selma Assis
Assessoria de Comunicação | Sindinova
(37) 3228-8502 | comunicacao@sindinova.com.br