Movimentação e negócios marcam primeiro dia da 21ª Fenova

Evento reúne mais de 200 marcas do polo calçadista e estima fomentar R$ 30 milhões em negócios. Foto: Christyam de Lima.

 

Começou hoje a 21ª edição da Fenova – Feira de Calçados de Nova Serrana. Realizada pelo Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Calçados de Nova Serrana – SINDINOVA e com o apoio do Sistema FIEMG, do SEBRAE/MG e da Prefeitura de Nova Serrana, a feira reúne mais de 200 marcas em 113 estandes – um crescimento de 10% desde a sua última edição, realizada em agosto de 2017. Estima-se que o crescimento em negócios também acompanhe o percentual: R$ 30 milhões durante os três dias de evento.

“Este número é apenas uma amostra do que somos capazes”, afirmou o presidente do Sindinova, Pedro Gomes da Silva, em seu discurso na tradicional cerimônia de abertura. Silva apresentou números da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais, que comprovam a evolução do polo calçadista de Nova Serrana: em dois anos, as vendas dos calçados do polo aumentaram 26%, saltando de R$ 3.031 bilhões em 2015 para mais de R$ 3.813 bilhões em 2017. “A produção de 100 milhões de pares por ano é distribuída para todos os estados da federação, além de países da América Latina, Europa e Ásia. Todo o resultado que obtemos é graças à união e ao esforço coletivo. Assim, garantimos reconhecimento a quem produz e competitividade a quem compra”, garante o presidente.

Em seu discurso na cerimônia de abertura da 21ª Fenova, o presidente do Sindinova, Pedro Gomes da Silva, apresentou números que comprovam a evolução do polo calçadista de Nova Serrana. Foto: Christyam de Lima.

Como confirmação das palavras de Silva, o primeiro dia da Fenova já sinalizou positividade pelos estandes e corredores. A Nesk, marca com mais de 40 anos de existência, retorna à feira após seis anos como forma de expandir a empresa a novos mercados. “Voltamos à Fenova com o propósito de expor mais a marca e captar novos clientes. Para o primeiro dia, a visitação está sendo bastante positiva e surpreendente”, informa Hugo Benfica, gerente comercial da marca. Vanice Ferreira, gerente comercial da Energy, conta que o primeiro dia foi bastante movimentado no estande. “Estamos bastante otimistas com o movimento da feira e os clientes estão surpresos com a nossa participação, justamente por não termos o hábito de participar. Avalio isso como a confirmação de que estar aqui é fundamental para a Energy”, pondera Ferreira. Com 21 anos de existência, a marca também voltou a participar da Fenova após um período sem expor.

A tradição da Fenova também é refletida no hábito de lojistas comparecerem ao evento e consumirem produtos do polo. Os primos Caio César Luciano, Caio Vitor Luciano e Luiz Lima são proprietários das redes Baratão dos Calçados (Imperatriz/MA) e Mel Lima (Tucuruí/PA). Somando oito lojas nos dois estados, a tradição de mais de 25 anos do grupo familiar tem os calçados de Nova Serrana como principais ofertas em suas vitrines. “Trabalhamos com calçados de Nova Serrana desde o começo de nossa história e os produtos daqui são muito bem aceitos por nossos clientes. É sempre muito vantajoso participar da Fenova e pretendemos continuar assim por muito tempo, pois os fabricantes daqui nos oferecem qualidade e preço acessivel”, comentam.

O primeiro dia da Fenova já sinalizou positividade pelos estandes e corredores. Foto: Christyam de Lima.

A lojista Maria Celeste Gomes Brito, proprietária da Karina Modas (Licínio de Almeida/BA), conta que, para chegar a Nova Serrana, enfrenta quatro horas de estrada até o aeroporto mais próximo de sua cidade, além do voo e do traslado de Belo Horizonte à feira. “Chego cansada da viagem, mas, mesmo assim, aproveito o primeiro dia de feira para comprar dos meus fornecedores habituais. Amanhã, mais descansada, certamente comprarei mais”, garante. Ela ainda reforça a importância do apoio do Sindinova no processo. “O Sindinova nos dá todo o apoio para que eu chegue bem e disposta a participar da Fenova. Sinto-me segura e tranquila do início ao fim da viagem, isso vale todo o esforço”, endossa.

A 21ª Fenova vai até o dia 1º de março, próxima quinta-feira.

 

 

Antônio Azevedo
Assessoria de Comunicação | Sindinova
(37) 3228-8500 | comunicacao@sindinova.com.br