Encerramento da 20ª reforça potencial do polo calçadista de Nova Serrana

Passaram pelos corredores da 20ª Fenova lojistas de todo o país. Foto: Chrystiam de Lima.

Terminou ontem, 17, a 20ª edição da Fenova, que reuniu mais de 200 marcas em três dias de evento. O Centro de Convenções de Nova Serrana recebeu lojistas de todo o país para conhecerem as coleções de calçados que serão tendência da moda primavera verão 2017/2018. O lojista Flávio Campos, da Exclusiva Calçados (Franca/SP), já participou várias vezes da Fenova e, mesmo sendo de um polo calçadista, acredita que a visita vale a pena. “Aqui em Nova Serrana eu encontro mais variedade, especialmente em calçados femininos e esportivos. Fiz bons negócios na feira”, afirma.

Com 28 anos de mercado, a Marlis Modas, de Belo Horizonte/MG, já vende calçados produzidos em Nova Serrana e participou pela primeira vez da Fenova. “Estar aqui me permite conhecer outros fornecedores. A feira está bem interessante, com produtos bons e preços competitivos”, explica a empresária Marli, Maia, proprietária da loja. O lojista Sérgio Alvarenga, trabalhava com comunicação visual e mudou de ramo. Ele abriu uma loja virtual, a Sapato Branco (Franca/SP), e garante que a visita à Fenova compensou. “De forma geral, consegui ver os produtos expostos e fazer contato com os fabricantes sem precisar visitá-los nas fábricas. Isso é fundamental para o comércio eletrônico, em função de tempo”, comenta.

Durante os três dia de evento, os estandes da 20ª Fenova tiveram intensa movimentação. Foto: Chrystiam de Lima.

Para os expositores, a 20ª Fenova garantiu bons negócios durante e depois do evento. “A feira só cresce a cada edição e só temos a ganhar com isso. Ainda não sabemos o número de pares vendidos, mas sabemos que as visitas recebidas foram para realizar negócios. Acreditamos que 95% dos visitantes do estande compraram nossos produtos”, diz o empresário Ivan Brandão, proprietário da BKR. Com duas marcas expostas, a Lorena Fernandes e a Bavarelli, a empresária Micheline Barbosa está satisfeita com a participação das marcas na feira. “O estande foi bem visitado. Atingimos os objetivos traçados para a nossa participação e acredito que a feira ainda nos trará bons resultados”, pontua.

 

21ª Fenova

O Sindinova já começa a organização da 21 edição da Fenova, que acontece de 6 a 8 de março de 2018 e apresentará as novidades em calçados para o outono inverno 2018. De acordo com o presidente da entidade, Pedro Gomes da Silva, o sucesso da atual edição justifica as expectativas para a próxima. “Quando se realiza uma feira com o sucesso que esta edição teve, é natural que ela transmita otimismo para a que virá. Já temos cerca de 70% dos estantes renovados para a próxima edição e esperamos crescer pelo menos 30% na 21ª Fenova”.

Ainda, Silva afirma que a Fenova e a Febrac, que acontece de 29 a 31 de agosto, são fundamentais para o desenvolvimento de diversos setores do município. “O comércio, de forma geral, se beneficia com a presença de turistas que participam da Fenova. Além disso, feira igual à Febrac, que acontece no fim do mês, só há a Fimec, realizada em Novo Hamburgo. Os grandes fabricantes de máquinas e componentes estarão em Nova Serrana para apresentar inovações tecnológicas aos nossos fabricantes, o que é de extrema importância para o desenvolvimento do polo calçadista”, finaliza o presidente do Sindinova.

 

Antônio Azevedo
Assessoria de Comunicação | Sindinova
(37) 3228-8500 | comunicacao@sindinova.com.br